Mulheres que promovem a Paz Mundial são homenageadas em São Paulo

A Assembleia Legislativa homenageou, em ato solene, na última sexta-feira (20/10), participantes da Associação das Mulheres para a Paz Mundial (AMPM). A AMPM foi fundada em 1992 na Coreia do Sul com o intuito de buscar derrubar as diferenças raciais e os preconceitos religiosos, sociais e culturais da sociedade em todo o mundo. 

As Embaixadoras da Paz Cris Gouvêa, Vera Tabacjh e Adriana Ramalho com o Prefeito de São Paulo João Dória Jr.

 

A presidente internacional da Federação das Mulheres pela Paz Mundial, Yon Ah Moon representou a fundadora da associação Hak Ja Han Moon, uma das mulheres homenageadas. Ela destacou que o egoísmo das nações têm influenciado diretamente problemas globais que o mundo enfrenta, como a pobreza e a violência. "Por meio da liderança feminina, é possível que os problemas sociais sejam resolvidos", disse. 

A vereadora da capital, Adriana Ramalho, ganhou o Título de Embaixadora da Paz. Ela enfatizou a figura de Yon Ah Moon como referência de amor, de uma mulher guerreira e que reflete a paz. "Precisamos fortalecer essa luta do bem e unir forças e para buscar a paz mundial", disse. 

A jornalista e presidente da Associação Brasileira de Imprensa e Mídia Eletrônica (ABIME), Vera Tabach, a empresária do Toldo Verde, Cris Gouvêa, e a presidente nacional da Organização Brasileira de Mulheres Empresárias (OBME), Lilian Schiavo, também receberam o Título de Embaixadora da Paz.

Elias Tabach,Vera Tomaz de  Lima,Vera Tabach, Suely Couto e Marcia Borges Carvalho
 

"É um evento importante. Ele estaca o trabalho de seis personalidades envolvidas nas ações sociais e principalmente, com a preocupação em trabalhar pela paz. Em momento tão conturbado, pelo qual passa o mundo, é louvável tal reconhecimento, pois é um incentivo a multiplicar boas ações que podem transformar o cidadão e o meio em que vive", comenta o deputado Ramalho da Construção que presidiu o ato solene. 

 

Vera Tabach recebendo o título de Embaixadora da Paz, de Célia Zaduski, da cidade de Curitiba. Célia foi a primeira presidente da Associação de Mulheres para a Paz Mundial no Brasil

 

"Fiquei muito emocionada no momento em que agradeci a homenagem tão importante e de muita responsabilidade...", disse Vera Tabach ao exibir a homenagem  que recebera com orgulho. 

 

Referência: https://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=384705

Para Saber Mais... Cique Aqui

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MEUS POSTS DESTACADOS

Dica Cultural: Planeta Borboleta

10.09.2019

1/10
Please reload

MEUS POSTS RECENTES

Please reload

SIGA

  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
  • Twitter Long Shadow

FICO SEMPRE CONTENTE

EM CONHECER MEUS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ME ESCREVA 

Teozeta Parente

© 2017 POR TEOZETA PARENTE.

CRIADO POR ALEX FREITAS