5 Dicas para você começar a Turistar agora!

Bom dia Turistandos de plantão, tudo bem?

Hoje quero abrir este post falando com você sobre: você... Isso ai... Você mesmo... Você Turistando... Não desliga, não muda de página, pois é com você que está lendo agora que quero falar... Todos nós somos Turistandos de plantão, pois todos amaríamos estar viajando neste momento, conhecendo novos lugares, experimentando novos pratos culinários, novos drinks, nova cultura, olhares, enfim, vivendo algo novo... É com você que vive “viajando na maionese” olhando sites de viagem, blogs de turismo, fotos e revistas que quero falar... Você sabe o que é ser um Turistando? Um Turistando com T maiúsculo?

 

Bem, um Turistando com T maiúsculo não é aquele que viaja para lugares regularmente, tira fotos, faz selfies, compra um souvenir e “vaza”, o nome disso é turista... Um Turistando com T maiúsculo faz tudo isso, contudo ele é mais profundo, quer sempre saber mais; quer saber tudo... Quer sempre comer mais; quer comer tudo... Quer ver tudo, beber tudo, experimentar tudo, viver tudo... Então você, “viajante lendário da maionese”, você pesquisa e sonha desejando ardentemente viajar, você é um Turistando... Sabe o que te falta,,,? Pôr em prática, sair do campo das ideias e é exatamente isso que faremos agora. Vou te mostrar um forma, uma espécie de projeto para Turistar na prática com muito pouco dinheiro... Vou te dar 5 dicas de como Turistar por poucas distâncias enquanto se prepara para distâncias maiores...

 

5 Dicas práticas de como turistar em sua cidade!

 

Vivo em Roraima por uns 20 anos, mas sempre que saio, me refiro a sair para passear, procuro ter um olhar despretensioso, procuro olhar para cada canto de Boa Vista por exemplo, capital do estado, como se fosse a primeira ou a última vez em que a vejo... Qual o resultado? Isso estreitado os laços e o amor que tenho com a cidade.

 

Quase sempre o corre-corre do dia a dia e a rotina estressante se colocam em nosso caminho, mas é muito gostoso explorar Boa Vista como se fosse um Turistando, ou seja, como se tudo nela fosse novidade e as vezes é mesmo, seja um bar ou restaurante novo que abriu, a inauguração de um monumento, um evento...

 

Preparei, então, um guia for starters pra quem quer sentir toda a emoção de Turistar sem ir pra longe, gastando pouco e, de quebra, conhecer melhor o lugar onde vive.

 

1. Quando estamos “viajando na maionese” em sites e blogs e etc., estamos pesquisando, então a primeira dica é Pesquise.

 

Aqui em Boa Vista e em sua cidade tem coisas sobre nossa própria cidade que a gente desconhece, né? Sejam elas turísticas ou não, não importa. O que importa é que, com esta informação, podemos variar os programas de fim de semana. O que acha? Podemos tomar um delicioso café da manhã feito por uma baiana, um paraense ou um paulista em seu quiosque ou lanchonete... Ou até mesmo uma refeição naquele hotel legal na beira-mar ou beira-rio... Quem sabe fazer um passeio de barco pelo rio ou praia ou somente caminhar por suas areias enquanto o sol se põe... Revisitar um Museu de infância ou parque florestal ou visitar aquele barzinho novo que abriu ou aquele restaurante mexicano ou chinês ou nordestino que nunca fomos... Pra isso, uma dica é pesquisar, fuçar os sites da Secretaria de Turismo do seu Estado e município, ficar ligado nas páginas de turismo e lazer dos jornais, acompanhar blogs de turismo, lifestyle ou gastronômicos, visitar um posto de informações turísticas e até ler guias de turismo, vale tudo...

Leia também sobre a história da cidade, e, se possível, faça um passeio guiado por alguns dos seus pontos mais importantes. Enxergar o dia a dia sob o olhar da história dá um novo sentido às coisas. Normalmente, a gente faz isso quando é criança e nem dá tanto valor, né?

Pergunte também aos seus amigos pessoais, do Facebook ou Whatsapp: quais são os restaurantes preferidos deles pra comida regional? Pra onde eles costumam levar quem vem de fora? Qual foi a última exposição que eles viram e amaram? Você com certeza vai, assim como eu, descobrir muita coisa nova bem ao seu lado.

2. Sair sozinho as vezes não é legal. Então porque não encontrar alguém como meu esposo que é a próxima dica: Encontre parceiros de aventuras

 

Dá pra encontrar muitas coisas legais no dia a dia, como essa vista linda da foto deste tópico, que nós temos a sorte de Turistar e curtir sempre que vamos a orla do Rio Branco. Sabemos que um programa fora da rotina as vezes dá um preguiça. Que tal, então, arrumar companhia? Pode ser que seu/sua esposo(a), namorado(a), amigos(as) também queiram entrar na onda e explorar mais a cidade.

Se a rotina estiver entranhada muito fundo em você e sua galera, vale até arrastar os colegas do trabalho para uma refeição diferente na hora do almoço. Você pode até ser Super fã de viajar sozinho(a), mas a verdade é que nessa correria da rotina diária, ter um parceiro de aventuras pode dar um grande impulso pra gente fugir da mesmice.

 

3. “Mas e se eu passar por um conhecido, o que falo?” Caro Turistando, a próxima dica é fundamental para este projeto: Seja um sem vergonha!

 

“Palma, palma não priemos cânico!” (É o novo! kkkkk) Me refiro aqui ao fato de que muita gente se sente meio besta Turistando na cidade onde vive, não é verdade? Bem, na verdade mesmo, besta é esse sentimento! Para ser um Turistando com T maiúsculo você tem de se desprender de toda vergonha besta, sem falar que é um passo fundamental pra curtir este projeto, essa viagem-sem-sair-do-lugar com tudo o que tem direito. Às vezes, em algumas de minhas viagens, como a que fizemos para gramado ano passado, encontramos, bem no meio dos turistas e Turistandos, pessoas da localidade buscando entender e conhecer melhor sua cidade.

Tirar fotos também pode chamar atenção de quem passa na hora, contudo, além de ser uma delícia, nos ajuda a encontrar beleza, novidade, inovação nas coisas do dia a dia. Encarar aquela praça, rua, prédio ou aquele rio de sempre e buscar um ângulo diferente, fotogênico, que mostre a sua visão, pode ser um bom exercício pra renovar ou repensar a sua relação com o que está a sua volta.

 

4. Meu esposo costuma dizer que para morrer, basta estar vivo! E esta é a ideia desta dica: Veja tudo como se fosse a última vez!

 

Muitos de vocês vão dizer que seria mais interessante fazer tudo isso se estivéssemos com viagem marcada pra ir morar para outro lugar, tipo como uma forma de despedida. Meu esposo vive de uma forma nada racional para muitos de nós, mas com certeza ele é muito feliz... Ele nunca se apegou a lugar nenhum, mas ama de coração todos os lugares em que esteve (e olha que foram muitos), pois se mudar, não importando o motivo, era fácil. Cada dia em uma cidade poderia ser o último dele nela, então a ideia era curtir tudo o que ele encontrasse... Ele viveu intensamente até agora, viveu cada momento como sendo o último ali, com aquele olhar de deslumbramento, tentando criar uma imagem mental permanente, como uma fotografia... Mas, mesmo que você não tenha tanta coragem de se mudar, ou condições de uma viagem para mais longe, simplesmente finja que é. A ideia principal deste projeto que sugerimos é o de planejar a viagem dos seus sonhos por um ano e durante todo este ano você deve agir como se estivesse se despedindo e mesmo se a viagem planejada não rolar, você com certeza terá viajado sem sair do seu lugar, curtiu, viveu, se deslumbrou, Turistou de verdade. No ano seguinte? Faça tudo de novo. Temos o costume idiota de dar mais valor ao que perdemos ou está longe, então quem sabe este projeto não o ajuda a dar outros ares à sua cidade?

 

5. Gotas concentradas de sabedoria, prazer, conhecimento... Assim serão os dias escolhidos para a última dica: Separe um ou mais dias mensais só para este projeto.

 

Na correria de nossa rotina costumamos não planejar curtir algo em nossa cidade, o costume é “deixar para as férias”. Por causa disso não percebemos que aquele barzinho ou museu novo abriu há meses e ainda não conseguimos ir. Mas se fosse uma viagem, o lugar estaria no nosso roteiro, né? Então, a dica aqui ainda é fingir. (Junto com seu companheiro de aventuras! Lembra dele?) Na verdade, para ser mais especifica, a dica é tirar um ou mais dias por mês, para de forma séria e exclusiva, fingir que tá viajando ou recebendo alguém de fora. Ou seja: separar um ou mais dias para Turistar com T maiúsculo, como se você estivesse na cidade temporariamente. Marque na agenda, programe e curta, Turiste de verdade sem sair do seu lugar!

 

Então, o que você está disposto a fazer para encarar sua cidade com novos olhos? Se topar o desafio nos conte como foi, tire fotos, fale de cada lugar e nos envie... Teremos o prazer de compartilhar a sua visão, o seu olhar sobre o seu lugar! Mande para este Email: teozetaparente@gmail.com. Beijos e até o próximo post.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MEUS POSTS DESTACADOS

Dica Cultural: Planeta Borboleta

10.09.2019

1/10
Please reload

MEUS POSTS RECENTES

Please reload

SIGA

  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
  • Twitter Long Shadow

FICO SEMPRE CONTENTE

EM CONHECER MEUS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ME ESCREVA 

Teozeta Parente

© 2017 POR TEOZETA PARENTE.

CRIADO POR ALEX FREITAS