Como organizar sua mala para uma viagem de negócios?

 

Salve! Salve! Turistandos de plantão... Estávamos meio que sumidos devido as mudanças que estamos fazendo em nosso BLOG mas estamos de volta... E queremos começar por um assunto que toma tempo quando estamos planejando uma viagem... Bagagem. Em tempos de bagagem paga, temos de aproveitar todo o espaço disponível para economizar.

 

Sempre que falamos em bagagem, na maioria das vezes, estamos nos referindo a bagagem de uma viagem de turismo voltado para o lazer. Neste post queremos apresentar uma matéria, que recebemos de uma parceira – Tainá Fantin do núcleo de conteúdo da SEO Marketing, que nos traz dicas importantes sobre como organizar uma bagagem para viagem de negócios. Tem um ditado que diz que não devemos misturar prazer com negócios, imaginem as bagagens, não é mesmo?!

 

Pois bem, vamos aprender agora sobre como usar o pouco espaço que temos ao nosso favor...

 

Mala de viagens de negócios é sempre um aprendizado. Você comete alguns erros no começo, mas vai aperfeiçoando a prática e logo está expert no assunto. Mas, se você está começando agora, não precisa passar pelas partes ruins, é só aprender com estas dicas.

 

Seja uma viagem curta ou uma viagem mais longa, você pode adaptar todas as informações que te daremos para não passar nenhum perrengue (ainda mais no exterior). Fique de olho no que separamos e aproveite ao máximo sua experiência:

 

1. Escolha roupas neutras - Se você já separa suas roupas por cores, e se elas forem fáceis de combinar, sua jornada de escolha do grupo de roupas de cada dia vai ser muito mais fácil de ser concluída. Lembre-se ainda de que você não tem muito tempo para resolver problemas de manchas em roupas ou até para se preocupar se elas estão ou não amassadas. Prefira cores mais escuras, e tecidos que sejam fáceis de usar sem precisar de um ferro (ainda que você possa usar o do hotel).  Escolher os tecidos certos podem te dar horas de vantagem.

 

2. Evite despachar bagagens - Evite ao máximo despachar uma bagagem. O tamanho da sua mala deve te orientar para que você leve apenas o necessário. Não é algo que acontece com muita frequência, mas imagine a dor de cabeça de ter uma mala extraviada em uma viagem de negócios de poucos dias? Leve uma mala pequena que possa embarcar com você no avião e ainda ganhe um tempo extra em não precisar esperar a mala naquela disputa no desembarque.

 

3. Leve peças curinga - O significado de peça curinga já diz tudo: separe roupas que podem ser usadas de diferentes formas e que pareçam ser looks diferentes. No caso dos homens, dois ternos são suficientes. Para as mulheres, separe dois blazers, duas calças que combinem e uma saia. Pronto, com essas peças você vai poder montar o que precisa para reuniões.

 

4. Saiba como levar roupas sem amassar - Muita gente acha que usar aquelas sacolas especiais de armazenamento a vácuo são ideais para esse tipo de viagem porque, teoricamente, poupam mais espaço. Evite armazenar as roupas assim neste caso, elas vão chegar ao seu destino final totalmente amassadas.  Prefira o tipo de roupa “anti-amasso”, feitas especialmente para quem viaja frequentemente a trabalho. Uma boa dica, no caso dos homens, é dobrar o terno de um jeito que amasse menos: dobre de dentro para fora e o embrulhe em algo macio, como alguma camiseta, por exemplo.

 

5.  Leve o peso das coisas em consideração - Na hora de fazer, de fato, a mala, pinta aquela dúvida. O que eu coloco primeiro e o que eu coloco depois? Há quem goste de seguir suas necessidades e isso pode variar de uma pessoa para a outra, mas se você procura otimizar seu espaço e evitar maiores problemas, organize sua mala pelo peso das coisas. Por exemplo: coloque os objetos mais pesados primeiro, ou seja, embaixo de tudo. Os mais leves, claro, ficam por cima. Assim você não pressiona peças mais leves embaixo e evita maiores danos.

 

6. Ache novos espaços - Pode parecer um pouco bizarro, mas você pode ganhar um bom espaço na sua mala se aproveitar espaços que vão se formando nela. Sapatos, por exemplo, podem servir para que você guarde as próprias meias que vai usar ou até roupas de baixo devidamente isoladas. Além disso, ainda podem ajudar a não amassarem os sapatos, mantendo-os no formato original.

 

7. Lembre-se dos eletrônicos - Em uma viagem de negócios seria um pecado esquecer logo um carregador, seja de celular, tablet ou de notebook. Verifique se estão todos na mala e, se possível, leve consigo um portátil para não ficar sem bateria na rua. Além disso, encontre um espaço na mala para uma extensão de energia, você pode precisar!

 

8. Tenha cópias de documentos - Mantenha na sua mala cópias de documentos que podem ser essenciais, como carteira de motorista, RG, e até fotografias dos seus cartões de crédito.  Nunca se sabe o que pode acontecer, mas esteja sempre preparado para tudo.  Com tanta organização, você vai retornar ao Brasil até com espaço na mala para uma passada na Duty Free mais próxima. Com sorte, você encontra um lugarzinho nela para uma bebida, cosméticos, perfumes importados e mais.

 

Pois bem amigos Turistandos, agora é pôr a mão na massa, ou melhor, na mala e #partiu negócios! Nos vemos no próximo post! Boa Viagem!

 

Release enviado por Tainá Fantin do núcleo de conteúdo da SEO Marketing.

Fonte: Dufry

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MEUS POSTS DESTACADOS

Dica Cultural: Planeta Borboleta

10.09.2019

1/10
Please reload

MEUS POSTS RECENTES

Please reload

SIGA

  • Facebook Long Shadow
  • Google+ Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
  • Twitter Long Shadow

FICO SEMPRE CONTENTE

EM CONHECER MEUS LEITORES E COMPARTILHAR CONHECIMENTOS E IDÉIAS 

 

ME ESCREVA 

Teozeta Parente

© 2017 POR TEOZETA PARENTE.

CRIADO POR ALEX FREITAS